• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Crítica Filho de Trump ridiculariza participação de Hilary Clinton no Grammy Donald Trump Jr comentou vídeo exibido na cerimônia no qual famosos leem crítica ao atual presidente americano

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 29/01/2018 13:46 Atualizado em: 29/01/2018 17:54

Livro Fire and Fury é uma crítica ao primeiro ano de mandato de Trump. Foto: Getty Images/Divulgação
Livro Fire and Fury é uma crítica ao primeiro ano de mandato de Trump. Foto: Getty Images/Divulgação


O tom fortemente político durante a entrega dos prêmios Grammy no domingo em Nova York (EUA) despertou a indignação de um dos filhos do presidente Donald Trump e de sua embaixadora na ONU, Nikki Haley. O anfitrião da cerimônia, James Corden, apresentou um vídeo em que várias celebridades e Hillary Clinton liam trechos do livro Fire and fury (Fogo e fúria, em tradução livre), uma crítica jornalística ao primeiro ano de sua presidência.

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

O livro, publicado no início de janeiro pelo jornalista Michael Wolff, apresenta Trump como mal informado, intelectualmente limitado e instável. "Ler um trecho de um livro de #fakenews no Grammy parece ser um grande prêmio de consolação por perder a presidência", escreveu Donald Trump Jr no Twitter, aludindo à derrota de Clinton nas eleições presidenciais de 2016.

De acordo com o filho do presidente, "quanto mais Hillary aparece na televisão, mais o povo americano percebe o quanto é bom ter @realDonaldTrump" na Casa Branca.Por sua vez, a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, não mencionou Hillary, mas considerou que as celebridades estavam equivocadas. "Sempre gostei do Grammy, mas ver artistas lerem o livro Fire and fury os destruiu. Não arruínem a música com lixo. Alguns de nós amam música sem misturá-la com política".

Na semana passada, a diplomata negou os rumores gerados após uma entrevista de Michael Wolff, segundo quem ela teria tido um caso com o presidente. No final do vídeo, Hillary Clinton cita uma passagem do livro segundo a qual o presidente gosta de comer no McDonald's: "O Grammy está na bolsa", disse.

Acompanhe o Viver no Facebook:


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas