• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
TV Mulher invade transmissão da Globo em bloco de carnaval e grita: 'Golpistas' O repórter estava cobrindo uma prévia carnavalesca quando foi surpreendido pela manifestante

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 26/01/2018 21:16 Atualizado em:

Manifestante gritou no microfone do repórter. Foto: Twitter/Reprodução
Manifestante gritou no microfone do repórter. Foto: Twitter/Reprodução

Desde o impeachment de Dilma Roussef, quando a polarização política se acentuou no país, a Rede Globo assistiu diversas transmissões serem invadidas por manifestantes em protesto contra a emissora - alvo de críticas por militantes de esquerda, que acusam a empresa de "legitimar" o impedimento da ex-presidente. Mais um episódio do tipo aconteceu na madrugada desta quinta-feira (25), durante uma transmissão ao vivo da Globo News. O repórter estava cobrindo uma prévia carnavalesca quando uma mulher gritou em seu microfone: "Golpista! Golpista! Filhos da put*!".

Quer receber notícias sobre cultura via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (81) 99113-8273 e se cadastre

Após ser surpreendido pela mulher, o jornalista tenta manter sua postura, mas logo se mostra incomodado. No vídeo, é possível ver a câmera desviando para esquerda, filmando o público da festa, enquanto o repórter tenta tomar as rédeas da situação. Depois que a manifestante se afasta, ele afirma que irá continuar a reportagem e critica o comportamento da moça.

Nesta segunda-feira (24), um grupo de manifestantes que ocupava a calçada da sede da Rede Globo desde segunda-feira (22) invadiu o prédio da emissora. O protesto foi contra o modo como o grupo de comunicação cobriu as acusações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O grupo Levante Popular da Juventude pintou o letreiro da empresa de vermelho, com os dizeres: "Globo Golpista". A ocupação já foi encerrada.

Assista ao vídeo:


Acompanhe o Viver no Facebook:



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas