Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 22/NOV/2017

  • Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Cinema Festival oferece filmes e oficinas acessíveis e gratuitos Em sua quarta edição, VerOuvindo conta com exibições de filmes, debates e oficinas no Cinema São Luiz, Cinema do Museu, Paço do Frevo e Fundaj

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Publicado em: 21/04/2017 10:51 Atualizado em: 21/04/2017 12:07

Festival tem início nesta sexta-feira (21), no Paço do Frevo. Foto: Jão Vicente/Divulgação
Festival tem início nesta sexta-feira (21), no Paço do Frevo. Foto: Jão Vicente/Divulgação


Com o objetivo de promover acessibilidade comunicacional, ampliando o acesso às obras audiovisuais através de sessões com audiodescrição e legendagem descritiva, o festival VerOuvindo chega a sua 4ª edição nesta sexta-feira (21). Durante dez dias, o evento promove, gratuitamente, exibições de curtas e longas-metragens, oficinas e debates no Paço do Frevo, Fundação Joaquim Nabuco, Cinema do Museu e Cinema São Luiz.

Confira os horários dos filmes em cartaz no Divirta-se


Para a idealizadora e coordenadora do VerOuvindo, Liliane Tavares, o festival é uma oportunidade "para as pessoas com ou sem deficiência de experienciar, interagir, opinar e sonhar com a sétima arte". A programação tem início nesta sexta-feira, com a oficina Orientações para expressão vocal na audiodescrição, realizada pela fonoaudióloga e consultora vocal Leila Freitas, às 14h, no Paço do Frevo.

Durante as aulas, que seguem até o domingo, os participantes terão a oportunidade de aprender técnicas para melhorar a qualidade vocal, prevenir alterações na voz e otimizar a performance como audiodescritor, incluindo técnicas de respiração, ressonância, altura e intensidade vocais.

Na segunda-feira, é a vez da Fundação Joaquim Nabuco receber a oficina Iniciação à leitura cinematográfica, no mesmo horário. Facilitadas pelo pesquisador, crítico de cinema e jornalista André Dib, também curador do festival, as aulas consistem em uma introdução à leitura cinematográfica e às possibilidades de olhar, refletir e imaginar o cinema.

"A ideia é estimular o desenvolvimento do espírito crítico e da capacidade de se relacionar com os filmes. A dinâmica inclui discussão e análise dos filmes exibidos no Festival VerOuvindo. Além disso, é uma oportunidade de exercitar a relação entre expressão audiovisual e linguagem cinematográfica e ampliar repertório de filmes e leituras sobre cinema", explica Dib, sobre as aulas que seguem até o dia 25 de abril.

Encerrando o ciclo de aulas, a doutora em estudos da linguagem pela Puc-Rio e audiodescritora Larissa Costa apresenta o curso Produção de roteiro de audiodescrição para filmes, na terça-feira (25), no Paço do Frevo. Na aula, ela apresenta a audiodescrição e detalha as etapas de produção, fornecendo noções básicas para a produção de roteiros de audiodescrição, com foco em produtos audiovisuais.

Na sequência, entre o dias 26 e 30 de abril, os cinemas do Museu do Homem do Nordeste e São Luiz recebem as mostras competitivas e sessões especiais de 15 produções audiovisuais com audiodescrição e legendagem descritiva, entre curtas e longas-metragens, além de mesa de diálogo, masterclass e debates com realizadores dos filmes.

Confira a programação completa:

21, 22 e 23/04, 14h às 17h, no Paço do Frevo
– Oficina Orientações para expressão vocal na audiodescrição, com Leila Freitas (PE)

Dias 24, 25/04, 14h às 17h, na Fundação Joaquim Nabuco
– Oficina Iniciação à leitura cinematográfica, com André Dib (PE)

Dias 25/04, 14h às 17h, dia 26/04, 9h às 12h, no Paço do Frevo
– Oficina Produção de roteiro de audiodescrição para filmes, com Larissa Costa (RJ)

Dia 26/04, no Cinema do Museu
– 18h30: Mesa de abertura - Formação de plateia, atividades de mediação e estratégias de divulgação do produto audiovisual acessível com Lívia Motta (SP); Caminhos para a produção da audiodescrição com Marie Gaumy (FRA). Mediação: Liliana Tavares (PE).

– 20h: Sessão de abertura
Todos (RS, 2017, cor, doc, 81min, Livre), de Luiz Alberto Cassol e Marilaine Castro da Costa. Estreia no Brasil, com presença dos diretores, da equipe do filme e de acessibilidade.

Dia 27/04, Cinema do Museu
– 17h30: Mostra competitiva iniciante
Elekô (7min, 2015, RJ/PE, 14 anos) direção coletiva
O outro par (6min, 2014, EGI/RJ, livre) de Sara Rozik
Autofagia (12min, 2016, PE, 16 anos) de Felipe Soares

– 18h30: Mostra competitiva geral
Ilha (15min, PB/RJ, 12 anos) de Ismael Moura
A piscina de Caíque (15min, 2017, GO, livre) de Raphael Gustavo da Silva
Òrun àiyé – A criação do mundo (12min, 2015, BA, livre) de Jamile Coelho e Cintia Maria
Lá do alto (9min, 2015, RJ, livre) de Luciano Vidigal
Sexta série (18min, 2012, PE, livre) de Cecília da Fonte

Dia 28/04, Cinema do Museu
– 18h: Sessão Curtas Pernambucanos
FotogrÁfrica (2016, DCP, cor, doc, 25min, 12 anos), de Tila Chitunda
Um brinde (2016, DCP, cor, fic, 16min, 12 anos), João Vigo
Catimbau (2015, DCP, cor, doc, 23min, 12 anos), Lucas Caminha
Debate após a sessão com diretores e profissionais da acessibilidade.

Dia 29/04, Cinema São Luiz
– 17h30: Master class – Uso da linguagem cinematográfica no roteiro de audiodescrição com Marie Gaumy (FRA)

– 18h30: Sessão Memória
Amigos de risco (PE, 2007, DCP, cor, fic, 88min, 16 anos), de Daniel Bandeira
Com presença do diretor, da equipe do filme e da acessibilidade.

- 20h30: Sessão GloboNews
Trans (RJ, 2016, cor, doc, 53min, 18 anos), de Fernanda Dedavid e Renata Baldi
Com presença da diretora, da equipe do filme e da acessibilidade.

30/04, Cinema São Luiz
– 17h: Sessão de encerramento
O shaolin do Sertão (CE, 2016, DCP, cor, fic, 100min, 12 anos), de Halder Gomes
Com presença do diretor e com a experimentação do óculos para visualização da Libras na tela através do aplicativo MovieReading.

– 19h: Cerimônia de premiação

Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.









SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]