Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Diario de Pernambuco Assine o Diario Central de assinantes
Pernambuco.com

Recife, 24/NOV/2017

  • Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Televisão Série com Michael Jackson interpretado por ator branco é criticada No primeiro trailer da série Urban Myths, Joseph Fiennes aparece pela primeira vez caracterizado como o rei do pop

Por: Viver/Diario - Diario de Pernambuco

Por: Estado de Minas

Publicado em: 11/01/2017 19:49 Atualizado em: 11/01/2017 18:20

Fiennes interpreta Michael Jackson na série. O papel da atriz Elizabeth Taylor fica com Stockard Channing. Foto: SkyArts/Reprodução
Fiennes interpreta Michael Jackson na série. O papel da atriz Elizabeth Taylor fica com Stockard Channing. Foto: SkyArts/Reprodução


O trailer de Elizabeth, Michael and Marlon, divulgado na última terça-feira (10), foi alvo de críticas por conta da caracterização do ator britânico Joseph Fiennes como Michael Jackson. Os fãs do cantor não aceitaram um ator branco interpretando o rei do pop, que faleceu em 2009.

Elizabeth, Michael and Marlon é um dos episódios de Urban myths, nova série de comédia do canal britânico Sky Arts. A produção conta "mitos urbanos" do mundo pop que nunca foram confirmados. No episódio com Michael Jackson, o programa mostra uma suposta viagem de carro que o cantor teria feito ao lado dos atores Marlon Brando e Elizabeth Taylor um dia depois do ataque do 11 de setembro de 2001. Com os aeroportos fechados, o trio tentou chegar até Nova York, saindo de Ohio.

No papel de Elizabeth Taylor está a atriz Stockard Channing (Grease e The west wing) e como Brando, Brian Cox, de A identidade Bourne e Coração valente. A escolha de Joseph Fiennes, que já estrelou filmes como Shakespeare apaixonado e Beleza roubada, causou controvérsia quando foi anunciada, em maio do ano passado.

A série contará com cinco episódios independentes. Um deles retrata o suposto desejo de um jovem Aldof Hitler de se tornar pintor e tem o ator Rupert Grint, de Harry Potter, no papel do melhor amigo do futuro ditador. Em outro, um dos maiores mitos da Hollywood clássica ganha vida: o de que o galã Cary Grant (Núpcias de escândalo e Intriga internacional) era gay e viciado em LSD. Urban myths, que estreia em fevereiro na televisão britânica, mostrará ainda histórias envolvendo o escritor Samuel Beckett e a lenda do folk Bob Dylan. 

Confira o trailer de Elizabeth, Michael and Marlon:



Acompanhe o Viver no Facebook:




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.









SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss

[X Fechar]