BikePE Quinze dicas para enfrentar o trânsito da cidade de bicicleta

Por: Carolina Braga

Publicado em: 30/07/2014 14:08 Atualizado em: 30/07/2014 14:24

 (Teresa Maia/DP/D.A.Press)

Com a greve dos trabalhadores rodoviários que acontece desde a última segunda-feira (28) na Região Metropolitana do Recife, uma das saídas é usar a bicicleta como meio de transporte. Muitas pessoas usam a magrela como veículo diariamente, mas muita gente só usa no fim de semana. Sem ônibus nas ruas, que tal ir e voltar do trabalho de bicicleta?

Se é a sua primeira vez andando de bike pelo trânsito, confira mais algumas dicas para evitar problemas:

1- Antes de sair de casa, verifique se os pneus da sua bike estão calibrados.

2- Monte um trajeto. Pesquise em um mapa o caminho mais curto e seguro, você não precisa seguir o trajeto do ônibus que costuma pegar, geralmente são mais longos.

3- Use os equipamentos de segurança, como capacete e luvas.

4- Prefira sair com uma bike sinalizada, com piscas traseiros e lanternas dianteiras, você pode voltar a noite.

5- Leve uma garrafinha de água para manter a hidratação.

6- Mantenha uma distância segura de carros e outros veículos. Tente calcular cerca de 1,5 metro.

7- Sinalize com as mãos quando você dobrar ou parar.

8- Dirija na faixa da direita, mas se mantenha longe do meio fio e evite andar na contramão.

9- Respeite a sinalização de trânsito, não se esqueça: a bicicleta é um meio de transpote.

10- Não pegue “corredores” entre carros ou ônibus.

11- Se na sua magrela não houver uma buzina, é legal andar com um apito.

12- Cuidado com a alta velocidade. Se você não for experiente, pode terminar se machucando ou colidindo em alguém ou em algo.

13- Lembre-se: se você se sentir cansado ou nervoso após levar “um tranca” de algum outro veículo, pare um pouco na calçada para respirar, tomar água e se acalmar. Depois, você continua o seu percurso.

14- Convide seus amigos e vizinhos e formem duplas ou grupos, é legal para garantir a proteção, a sociabilidade e diminuir o congestionamento. Se você estiver em grupo, avise quando avistar algum obstáculo, como lombadas ou buracos.

15-
Lembre-se de levar um par de roupas para tomar banho ou trocar, caso seja uma distância longa.

Fontes: Senyr Sampayio, ciclista e organizador do Pedala Janga; Val, fundador e integrante do Pedala Olinda.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas