• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
BikePE Bikes também viram itens de decoração

Por: Mariana Fabrício - Diario de Pernambuco

Publicado em: 16/12/2013 17:28 Atualizado em:

Partes da bike podem ser usadas como peças de decoração. Foto: Anderson Lula Aragão/Divulgação
Partes da bike podem ser usadas como peças de decoração. Foto: Anderson Lula Aragão/Divulgação
Não é só no trânsito que a bicicleta vem ganhando espaço. O item que assume cada vez mais importância como meio de transporte para as pessoas que moram em grandes cidades, também vem ganhando destaque nas casas dos amantes do ciclismo. Seja por falta de espaço ou pela importância que tem para o dono, a própria bike ou peças que a compõem, têm se tornado parte da decoração e são instalados em vários cômodos da casa, como quartos e salas.

Para quem entende do assunto, essa nova forma de decoração é uma tendência de abrangência nacional. O arquiteto Anderson Lula Aragão adianta que, tanto no Recife quanto em todo país, as pessoas estão incluindo as bikes no dia a dia e nas residências. “Acredito que é uma tendência local, mas também pessoas de outras partes do Brasil estão aderindo à bike. Às vezes o problema é não ter onde guardar”, afirma.

Anderson diz ainda que ao incluir a bike em algum cômodo da casa, não é necessário se preocupar com o modelo ou a cor ideal. “Isso não interfere na decoração porque estamos falando de um elemento que já é um destaque. Então pode ser tanto uma cor neutra como vibrante. Virou tendência a cor preta, mas independente da cor ela cai bem no ambiente porque expõe um desejo de liberdade e de estar antenado ao que está acontecendo”, diz.

As possibilidades são inúmeras, mas é importante evitar que a bike fique em áreas muito movimentadas para que não atrapalhe a circulação, nem cause transtorno. “A melhor opção é suspender. Assim a casa ganha um ar mais despojado com um aspecto esportista. Também é indicado que o local seja próximo à saída para facilitar o acesso. Outra opção é utilizar o corredor, mesmo que seja uma área comum, em caso de apartamentos, mas é possível suspender, ou colocar em uma parte elevada para não atrapalhar a circulação”.

E além da própria bicicleta, alguns elementos podem ser reaproveitados ou utilizados de maneira exclusiva. Nesse caso, abusar da criatividade é o mais importante. “Um item que gosto bastante de utilizar é a roda. Acho bem prático e dá para se fazer várias coisas, como quadro de avisos e puf, mas outras peças também podem se transformar em elementos da decoração”.

TAGS:

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas