• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Aluguel Mais bikes para circular no Recife Quatro novas estações de aluguel começam a funcionar hoje. Até setembro, rede somará 70 pontos

Publicado em: 12/07/2013 10:37 Atualizado em:

Quatro novas estações de aluguel começam a funcionar hoje. Foto: Foto: Bernardo Dantas/ DP/D.A Press (Bernardo Dantas/ DP/D.A Press)
Quatro novas estações de aluguel começam a funcionar hoje. Foto: Foto: Bernardo Dantas/ DP/D.A Press
Mais quatro estações de aluguel de bicicletas passam a integrar o serviço intermunicipal de compartilhamento, o Bike PE, a partir de hoje. Os pontos vão funcionar na Unicap (Boa Vista) e nas praças Miguel de Cervantes (Ilha do Leite), Oswaldo Cruz (Soledade) e do Entroncamento (Graças). Na segunda-feira, outra estação será aberta na Celpe, na Boa Vista. Com esse acréscimo, serão 15 estações e 150 bicicletas disponíveis ao todo.

Até a próxima semana, o serviço irá cumprir a meta de ser o primeiro do país a interligar municípios, com o início da operação dos cinco pontos previsto para Olinda, dentro do pacote de 70 que estarão funcionando até setembro deste ano, com 700 bikes ao todo. As unidades de Olinda serão instaladas no Mercado Eufrásio Barbosa, nas Praças Doze de Março e do Carmo e nas ruas Coronel Alberto Lundgren e Eduardo de Moraes, em Bairro Novo.

O sistema de retirada é idêntico ao das unidades que existem desde maio. Nos dias úteis e sábados, o tempo máximo de viagem é de 30 minutos, com intervalos de 15. Aos domingos e feriados, as viagens permitidas são de uma hora, com o mesmo tempo de parada.

Cronograma
Outras dez estações serão instalada no Recife este mês, com locais ainda a definir. No começo de agosto, Jaboatão receberá cinco estações. Mais 12 bairros entre as zonas Norte, Sul e Oeste do Recife serão contemplados até setembro. Até o fim deste semestre, as bicicletas do Bike PE serão integradas ao serviço do Porto Digital, o Porto Leve, que tem 10 estações e 100 bicicletas. A integração acontecerá depois da adesão do Porto Leve ao passe via Vale Eletrônico Metropolitano (VEM).

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.



Últimas