• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Turismo e Lazer Ciclofaixas com datas definidas Após reclamações de ciclistas, prefeitura apresentou calendário e anunciou a criação de roteiros noturnos

Publicado em: 26/06/2013 09:16 Atualizado em: 26/06/2013 09:20

A frustrante surpresa que muitos ciclistas tiveram na última segunda-feira, quando não encontraram as ciclofaixas de turismo e lazer em operação, não deverá se repetir. Após justificar a ausência do equipamento no dia de São João informando que as ciclofaixas móveis só funcionavam em feriados nacionais, a Secretaria de Turismo e Lazer do Recife incluiu três feriados municipais no calendário do projeto, divulgado ontem. Também informou que a terceira rota será divulgada até 10 de julho e que, nos próximos 30 dias, duas datas serão disponibilizadas para ciclofaixas noturnas. A secretaria anunciou ainda a realização de uma competição internacional de ciclismo amador no Recife em setembro.

Foram definidas 11 datas para as ciclofaixas, incluindo 16 de julho (Nossa Senhora do Carmo), 8 de dezembro (Nossa Senhora da Conceição) e o próprio São João do ano que vem, todas feriados locais. “O projeto completou três meses e passará por ajustes sempre que houver demanda da população. Nossa preocupação era a mobilidade na cidade e a segurança. Mas percebemos que poderiam ser feitas mudanças sem prejuízo”, explicou o secretário Felipe Carreras. O calendário será divulgado no Twitter, Facebook e Instagram, no site do projeto (www.ciclofaixarecife.com.br) e no site da prefeitura do Recife (www.recife.pe.gov.br). “Também queremos fazer um roteiro noturno com pontos turísticos e parques, que serão iluminados”. A primeira edição acontecerá neste ano.

Atualmente, a ciclofaixa tem 25,5km e passa por 19 vias e 11 bairros, em duas rotas que unem o Marco Zero às zonas Sul e Norte. Dez mil pessoas participam de cada edição, em média. A terceira rota será lançada até 10 de julho. O mais provável é uma ligação entre a Lagoa do Araçá (Imbiribeira) e o Marco Zero. “Queremos duplicar o público atendido”, explicou Carreras. Os estudos da quarta rota serão iniciados em julho.



TAGS:

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.


Últimas